terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Mundial de Handebol - Brasil com altos e baixos,perde de 5 gols para a França

Brasil 22 x 27 França


Brasil perdeu para a França, natural , um resultado muito normal, e o bom foi que pelo menos não foi de uma diferença de gols tão grande como foi contra a Alemanha, onde o Brasil perdeu de 10, 5 gols de desvantagem ficaram de bom tamanho, visto que no primeiro tempo a França meteu 7 de vantagem ( muito pelo ESPETACULAR aproveitamento de defesas do goleiro Thierry Omoyer que salvou 14 bolas no primeiro tempo fazendo que o Brasil terminasse a primeira etapa com apenas 5 gols ) e o Brasil conseguiu melhorar no segundo tempo vencendo por 17 x 15 nos 30 minutos finais.
                                     Thierry Omoyer,pegou tudo e mais um pouco no gol da França

O jogo começou muito complicado para o Brasil, logo no primeiro ataque francês 2 minutos de exclusão para o Gil e ainda tiro de 7 metros que foi convertido por Guigou, o aproveitamento do goleiro brasileiro Bombom estava bom ( 38 % no jogo ), porém Omeyer ( 48% de bolas salvas no jogo) era uma parede intransponível do outro lado fazendo com que aos 17 minutos o Brasil estivesse com só 2 gols feitos, enquanto a França estava com 7.  E a situação do ataque brasileiro não melhorou em nada, era ataque após ataque com Omeyer defendendo tiros da linha dos 9 metros, da ponta, em contra ataques de Gil e Lucas Candido que ficaram sozinhos em direção ao gol, e também em 7 metros, ou seja, era melhor que esse primeiro tempo tivesse acabado logo pois o Brasil não estava numa jornada inspirada, fim de etapa, França 12 x 5 Brasil.

No segundo tempo as coisas melhoraram e muito, o Brasil entrou bem melhor no ataque, criando opções de jogadas e fazendo seus gols, enquanto isso a França mantia seu bom jogo odensivo. Um grande momento da seleção brasileira foi aos 8 minutos onde diminuiu a vantagem francesa de 7 gols para 4, ficando mais perto do placar,16 x 12. Porém os franceses acordaram e se aproveitando das exclusões de Thiagus e Guilherme Valadão abriram grande diferença de  22 x 13. Em muitos altos e baixos durante o segundo tempo, nos minutos seguintes o Brasil conseguiu fazer 6 gols enquanto a França apenas 1 , diminuindo novamente para 4 gols a vantagem européia, 23 x 19 aos 25 minutos. No mesmo minuto Thiagus foi excluído novamente e o placar foi para 27 x 20 a favor da França, faltando 2 minutos os brasileiros ainda fizeram dois gols e deixaram o jogo em 27 x 22 e fim de jogo.

O técnico espanhol que comanda a seleção brasileira, Jordi Ribera, preferiu dar experiência para os mais jovens como Oswaldo,Arthur Patrianova, Lucas Candido e Guilherme Valadão, esses que jogaram praticamente o jogo inteiro, quem também entrou bem na partida foi  Alexandro Pozzer  (o Tchê ), que fez 4 gols em 5 tentativas ( 80% ). Zeba entrou apenas para bater 2 tiros de 7 metros sendo ambos convertidos em gol, Vinícius jogou pouco , Felipe Borges também e quando entrou não jogou bem.

Artilheiros
Brasil
Alexandro Pozzer (Tchê )- 4 gols
Lucas Candido – 3 gols
Arthur Patrianova – 3 gols

França
Michael Guigou – 6 gols
Daniel Narcisse – 5 gols

Próximas partidas
16/01 ( Horário de Brasília )
Brasil x Tunísia ( 13 h 00 )
França x Argentina ( 17 h 45 )

Nenhum comentário:

Postar um comentário