sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Manual do Mundial de Handebol 2013



Vai começar a primeiro mundial em 2013 !!!!! O mundial de handebol masculino que será realizado na Espanha, começará amanhã e promete muito !

Obviamente, os favoritos absolutos da competição são as seleções européias, com grande destaque para a França atual campeã olímpica e bi mundial, Dinamarca atual campeã européia, Sérvia, Espanha, Croácia e Alemanha têm seleções fortíssimas,dificilmente deixaram de estar nas fases decisivas do mundial.

Fora do eixo europeu, é difícil arriscar uma seleção que possa chegar no topo da competição, visto que são muitos europeus de quase mesmo nível, dando poucas chances para o resto do mundo, mas aponto três como destaques : Argentina, Brasil e Tunísia, que por obra do destino caíram no mesmo grupo, isso fará ter menos chances ainda de um não europeu estar despontando nas fases mais agudas do mundial. Aliás nunca houve um campeão que não fosse europeu, ou seja , não precisa explicar mais nada sobre a superioridade das seleções do velho continente não é ?!
                       Jordi Ribera , espanhol , técnico da seleção brasileira
O Brasil chega na competição com uma mistura de jovens talentos como Arthur Patrianova, que se destacou nos amistosos pré mundial, e também com alguns veteranos como Zeba e Diogo Hubner. Falando dos últimos amistosos, os brasileiros jogaram um quadrangular preparatório, venceram por goleada Chile ( 38 x 21 ) e o Japão ( 42 x 24 ) e tiveram uma derrota natural por 31 x 22 para a Espanha. No último jogo teste o Brasil venceu a equipe no Granollers por 34 x 27.
A principal missão brasileira que atualmente está em 14° no ranking mundial da IHF, é passar para as oitavas de final feito que já seria ótimo, pois o grupo do Brasil é considerado um dos mais difíceis e equilibrados. A melhor colocação na história dos mundiais é um 15° lugar no longínquo ano de 1958 ( Porém não é grande mérito, afinal havia 16 seleções no campeonato ) .
Convocados pelo técnico da seleção brasileira Jordi Ribera:

Goleiros > Cesar Augusto de Almeida , Luiz Ricardo do Nascimento.

Pivôs > Alexandro Pozzer , Vinícius Teixeira.

Armadores > Arthur Patrianova , Zeba , Guilherme Valadão , Japa , Oswaldo Maestro e Thiagus Petrus.

Centrais > Diogo Hubner , Thiago Roberto Torres.

Pontas > Fábio Chiuffa, Felipe Borges , Gil Vicente , Lucas Benedito.


Seleções Classificadas           




Veja a distribuição de vagas para o mundial 2013 , e comprove que é um tanto injusta a distribuição de vagas por continente, porém essa mesma faz com que o nível da competição fique lá em cima, afinal deve se admitir que os europeus que fazem com que esse nível de competitividade seja tão alto :

Europa : 12 vagas , Dinamarca, Sérvia , Croácia,Rússia, Eslovênia, Montenegro, Hungria, Macedônia, Islândia ,Alemanha , Belarus e Polônia.

Ásia : 3 vagas , Coréia do Sul, Qatar e Arábia Saudita.

África : 3 vagas , Tunísia, Argélia, Egito.

Américas : 3 vagas , Argentina, Brasil e Chile.

Oceânia : 1 vaga , Austrália.

Vamos então conhecer um pouco mais a fundo cada grupo do mundial.

(Lembrando que a ordem de apresentação das equipes de cada grupo, indicará também as posições em que eu aposto que a mesmas ficarão no grupo )

Grupo A


França
Alemanha
Montenegro
Brasil
Tunísia
Argentina

França
  


É uma equipe fantástica, campeoníssima, que é simplesmente bi campeã mundial e olímpica, e mesmo tendo ido bem abaixo do esperado no europeu 2012 ficando num discreto 11° lugar, chegam para esse mundial com fome de vitória, afinal quando é Olimpíada e mundial, os franceses não entram pra brincar.  Com muitas estrelas como Karabatic e Abalo, deve fácilmente passar de fase e ir longe, bem longe rumo ao título.

Alemanha
  


Seleção tradicionalíssima, e muito forte que atualmente lidera o ranking mundial, porém é meio enganoso esse status de líder do ranking, afinal no europeu não chegou entre os 4 primeiros, e nem se classificou para a Olimpíada de Londres. Mas óbvio, tem grandes jogadoras e uma liga nacional que é respeitada e invejada pelo mundo, contudo, passar de fase é obrigação e a partir daí depende do adversário que vier pela frente.

Montenegro



Montenegro se classificou pela primeira vez para um mundial de handebol masculino ( já que das outras vezes jogou como país unificado com a Sérvia ) . E já na primeira vez , entra na disputa com o status de ter impedido a grande equipe da Suécia ( Prata em Londres 2012 ) de participar da competição, já que nos play-offs derrotou os suecos em dois jogos equilibrados e assim acabou se classificando. Em um grupo onde desponta o favoritismo de Alemanha e França, Montenegro briga com Brasil, Argentina e Tunísia pelas duas vagas que teóricamente sobrariam.

Brasil



Nossa equipe tupiniquim está buscando vôos mais altos no mundial masculino há muito tempo, porém como os europeus são sempre 4 ou 3 no grupo, é difícil de avançar de fase. Dessa vez, novamente não será nada fácil, por que além de 3 europeus fortes, as outras duas equipes são justamente as consideradas mais fortes não européias. Bons nomes o Brasil tem , porém sempre sofre com a pressão de fim de jogo quando enfrenta um adversário parelho, já que aqui nas Américas pega adversário e dá uma sacolada, por sua vez, quando enfrenta adversários que fazem jogo equilibrado até o fim, os brasileiros sentem dificuldade de decidir, assim cometendo erros bobos, tanto na defesa naquela falta dura que ocasiona exclusão de 2 minutos, quanto naquele contra ataque em que o ponta desperdiça uma bola  na cara do goleiro. Eu diria que tanto o Brasil pode terminar em 3° como em 6° e último no grupo.

Tunísia



Os tunisianos uma equipe com porte físico grande, com um jogo muito fluente, parecido com o estilo europeu . Porém esbarram por terem poucos adversários competitivos que façam seu jogo evoluir na África, tendo apenas o Egito e Argélia com nível bom no continente todo. Vejo a equipe africana com plenas condições de ganhar de todos do grupo, menos da França, por isso que digo “condições” por que na prática é tudo diferente.

Argentina

                      

Atual campeã pan americana , a Argentina também é uma seleção muito boa, No último mundial teve uma participação bem bacana, ficando em 12 ° lugar.  Rivalidade histórica com o Brasil, e contra a Tunísia que em Londres venceu os hermanos na fase de grupos praticamente eliminando –os da competição, fazem com que a missão de passar fase seja ainda mais complicada.

Grupo B


Dinamarca
Macedônia
Islândia
Rússia
Chile
Qatar

Dinamarca



Dinamarca, seleção que vem de terras geladas, mas que possui um handebol quente de encher os olhos. Atual campeã européia e vice mundial, os dinamarqueses estão num grupo fácil, e devem passar com tranqüilidade para as oitavas de final.

Macedônia



É um país que não tem tanta expressão internacional, mas que vem de um honroso quinto lugar no europeu 2012. Promete fazer jogo duro com quem vier pela frente, e nesse grupo B só está abaixo da Dinamarca em termos de força, de resto , tem boas expectativas de vitória.

Islândia



Se eu falei que a Dinamarca vem de terras onde o frio é grande, na Islândia nem se fala, frio deveria ser o nome do país ! Mas falando sério, a equipe teve momentos de glória a uns 4 , 5 anos , tendo conquistado a prata em Pequim 2008, depois disso um bronze no europeu 2010,não chegou as semi finais do europeu 2012,não participou do mundial 2009,sexto lugar no mundial 2011 e  um quinto lugar em Londres 2012. Ou seja, sempre se mantém na média, mesmo sendo um país com apenas aproximadamente 2 milhões de habitantes, consegue ter uma seleção forte, mas que não está no melhor de suas fases. Contudo, deve passar de fase e se nas oitavas não ir cair em sua frente um gigante, deve seguir avançando no mundial.

Rússia



A equipe russa se encaixa no “ Era grande mas com o tempo caiu”,  A seleção foi campeã olímpica em Sidney 2000, mas nos últimos anos tem participações ruins em mundiais ( as vezes nem se classificando para a competição ) e em europeus campanhas discretas, o que ameniza um pouco isso é o bronze em Atenas 2004, mas já faz 9 anos isso !  Nessa edição do mundial não tem uma equipe que encanta, mas tem o espírito de quem já foi grande e esse, pode fazer com que mostre força durante as força durante as partidas.


Chile



Terceira força das Américas, tem como grande destaque o enorme pivô Oneto que joga na Europa, porém para a extrema infelicidade chilena, Oneto lesionado não jogará o mundial. Esperanças de passar de fase ? Só se fizeram um jogo iluminado com a insconstante Rússia e vencerem ( considerando que venceram o Qatar ).

Qatar



É o atual vice campeão asiático, mas isso num mundial não tem grande importância, se vencer o Chile já é tarefa difícil, nem se fala vencer os outros 4 europeus, o destino do Qatar deve ser mesmo ficar na primeira fase e depois disputar as ultimas posições do mundial.


Grupo C


Sérvia
Polônia
Eslovênia
Bielo Rússia
Coréia do Sul
Arábia Saudita

Sérvia



Desponta como principal favorita do grupo, principalmente da grande campanha realizada no europeu 2012, onde conseguiu o vice campeonato.

Polônia



Vêm de uma oitava posição no mundial 2010 e um 9° lugar no europeu 2012. Não é uma das seleções européias favoritas ao título. Como o grupo tem Arábia Saudita, Coréia do Sul jogos que tem obrigação de vencer, e ainda Eslovênia e Belarus que são jogos “ ganháveis” , a Polônia tem tudo para se classificar.

Eslovênia



Em 2011 não foi ao mundial da Suécia, mas se redimiu um pouco ao ficar em 6 ° na Euro 2012. Deve se classificar entre a 2ª à 4ª posição no grupo.

Bielo Rússia



É até meio surpreendente Belarus estar participando do mundial e provavelmente das seleções européias a mais fraca. O handebol não é um esporte tão popular no país e a classificação só veio ao bater em dois jogos a Eslováquia, que em 2011 participou do mundial.Mas claro, como é uma seleção européia, não dá pra descartar os bielorrussos , pois se chegaram até aqui méritos têm.

Coréia do Sul



Campeão asiático, os sul coreanos atualmente tem mais tradição no handebol feminino, onde conseguem disutar de igual pra igual com as grandes seleções chegando muitas vezes ao pódio, porém no masculino o negócio é mais complicado. Na Ásia dominam, mas no cenário internacional são dominados. O chaveamento desse mundial favoreceu os sul coreanos e lhes deu a oportunidade de passar de fase, pois mesmo com 4 europeus no grupo, 3 deles são jogos que é possível vencer ( Polônia e principalmente Eslovênia e Bielo Rússia ), então o que se deve fazer é vencer bem os sauditas, e arriscar tudo nesses jogos, conquistando uma vitória contra um desses 3 europeus a vaga para a próxima fase fica quase certa.

Arábia Saudita



Sem dúvidas é a seleção mais fraca do grupo. Mesmo ficando em 3° no asiático e jogando de igual pra igual na semi final contra a Coréia do Sul ( perdendo por 27 x 26 ), os sauditas devem ficar em último no grupo e por conseqüência disputar do 21° ao 24 ° lugar.


Grupo D


Espanha
Croácia
Hungria
Egito
Argélia
Austrália

Espanha



É a seleção favorita ao grupo, ainda mais pelo fato de jogar em casa com o apoio de milhares de torcedores. Em Londres,os espanhóis decepcionaram ao ficar em 7° nas Olimpíadas, mas no europeu ainda no mesmo ano voltaram as semi finais, ficando em 4° lugar; ainda analisando a colocação nos últimos grandes campeonatos, a Espanha ficou em 3° no mundial de 2011. Essas observações, o fato de estar jogando em casa e ainda a qualidade de seus jogadores, fazem que com a Espanha se torne favorita do grupo e ao pódio.

Croácia



Os croatas vem numa ótima fase, bronze nas Olimpíada de Londres e na Euro 2012, anteriormente ainda tinham sido 5° lugar no mundial 2011. É uma equipe muito alta, forte e tradicional, que vem pra essa competição para buscar mais um pódio, busca que não será fácil tendo tantas equipes ótimas que estão num nível tão parecido.

Hungria



Os húngaros em mundiais, europeus e Jogos Olimpicos sempre ficam em uma posição intermediária, por vezes quase beliscando uma medalha, por vezes ficando em da sexta até a décima posição. Fato que se comprova quando olhamos sua história nessas três competições, onde depois de tantas participações,  “só” conseguiu uma medalha, foi uma prata no mundial de 1986. Pra Olimpíada de Londres 2012, quase não se classificou e surpreendeu todos chegando as semi finais ficando em 4° lugar. Então, a Hungria é isso, uma equipe tradicional, mas que não pega um pódio em grandes competições há muito tempo, e dessa vez está em boa fase e com muito suor ,pode finalmente quebrar esse incômodo tabu.

Egito



Assim como a já citada Tunísia, o Egito tem um bom nível de handebol ( aliás essas duas seleções africanas tiveram as melhores colocações de um país não africano na história dos mundiais, um 4° lugar, o Egito no mundial de 2001 no mundial realizado na França e a Tunísia em 2005 jogando em casa ). Para essa edição os handebolistas da terra das pirâmedes têm uma chance de ouro para passar de fase, já que no grupo contém apenas 3 europeus, Argélia e a fraca Austrália. O jogo contra os argelinos será decisivo e pode ser a revanche para os egípcios, já que no campeonato africano de 2012 a Argélia venceu na semi final, tirando a chance do título do Egito.

Argélia



Outra boa seleção africana, mas não está no nível de Tunísia e Egito, porém quer provar o contrário, e um pouco disso já conseguiu ao conquistar o vice campeonato africano ano passado , quando perdeu por 23 x 20 na final para a Tunísia. O gosto pelo handebol querendo ou não tem certa influência dos franceses, por questões históricas de imigração do povo argelino para terras francesas, fez com que o handebol, muito praticado na França, fosse também para a Argélia. Se passar de fase batendo a Austrália e repetindo a vitória do continetal 2012 no Egito, a passagem para as oitavas virá, e se isso acontecer será uma grande conquista !

Austrália



Sem sombra de dúvidas, a Austrália é a seleçãomais fraca e  será mais uma vez o grande saco de pancadas do mundial de handebol. Para se ter uma idéia, a classificatória da Oceania envolve APENAS a Austrália e a Nova Zelândia, pois nenhum outro país tem equipe para jogar ou não tem interesse na modalidade. Veja os resultados dos jogos da Austrália no último mundial, em 2011 :
12 x 47 Dinamarca
18 x 35 Sérvia
15 x 42 Croácia
14 x 29 Romênia
18 x 27 Argélia
21 x 29 Chile
23 x 33 Bahrein
Acho que não precisa falar mais nada, pois é nítido que os australianos estão nesse mundial apenas por que é reservada uma vaga para a Oceania.


Considerações Finais


Será um grande mundial, disputado em um grande centro, a Espanha, com certeza veremos bonitas festas com torcedores gritando sua paixão para seu respectivo país. Para concretizar, temos seleções em diferentes níveis:

Seleções top, favoritas ao título > França, Dinamarca, Espanha, Alemanha e Croácia.


Brigam por pódio > Sérvia,Hungria e Islândia.


Objetivo são as oitavas de final > Argentina, Tunísia , Brasil , Montenegro , Macedônia , Rússia , Eslovênia , Polônia , Bielo Rússia , Coréia do Sul , Argélia e Egito.


Foram ao mundial só pra passear > Austrália , Arábia Saudita , Qatar e Chile.


Fique de Olho


Em alguns jogadores, é bom ficar atenção mesmo antes do início do mundial, então quando esses caras entrarem em ação, não desgrude os olhos da TV !

Mikkel Hansen – Dinamarca


Guðjón Sigurðsson – Islândia

Daniel Narcisse – França


Nikola Karabatic – França


Julen Aguinagalde –Espanha


Laszlo Nagy – Hungria



A transmissão do mundial no Brasil será exclusiva do canal Esporte Interativo, quem não tem o canal em casa, pode procurar vários links com jogos ao vivo e também sites com o live score, como o da Federação Internacional de Handebol http://www.ihf.info/  ( IHF , sigla em inglês ).

Horários e jogos do Brasil:

Sábado 12/01 – Brasil x Alemanha ( 13 h 00 )

Domingo 13/01- Brasil x Argentina ( 12 h 00 )

Terça-Feira 15/01- Brasil x França ( 17 h 45 )

Quarta-Feira 16/01- Brasil x Tunísia ( 13 h 00 )

Sexta-Feira 18/01- Brasil x Montenegro ( 17 h 45 )




Os jogos do mundial começam nessa sexta dia 11/01 e vão até o dia 27/01 onde será disputada a grande final no ginásio Palau Saint Jordi, em Barcelona.

2 comentários:

  1. Excelente texto. O Brasil mais uma vez deu azar no sorteio. Não terá nenhuma Arábia, Catar, Chile ou Austrália para poder ter uma vitória. Temos chances tanto de ficar em 3º como em último do grupo. Se conseguirmos repetir o que mostramos no Pré-Olímpico ( apesar de muitos jogadores não estarem mais) dá para classificar vencendo Argentina, Montenegro e até Tunísia

    ResponderExcluir