domingo, 20 de janeiro de 2013

Brasil Perde pra Rússia, Mas Mostra Grande Evolução


Brasil 26 x 27 Rússia

TEM QUE APLAUDIR ESSA SELEÇÃO DE PÉ !!!

Fizemos um jogo parelho com a Rússia, um jogo onde poderia acontecer tudo só não poderia acontecer de o árbitro dar cartão vermelho ao Borges faltando 2 minutos pro fim do jogo por ele ter acertado o rosto do goleiro russo no tiro de 7 metros ! Pelo amor de Deus juisão !!! Claro que o Borges não fez isso propositalmente, pois o Brasil estava atrás do placar e tinha chances de vencer a partida, e esse tiro de 7 metros se fosse convertido faria com que o Brasil ficasse a um gol do russo ! Cada dia me decepciono mais com a arbitragem do mundo inteiro em todos esportes! É uma vergonha !

No primeiro tempo os russos começaram na frente 2 x 0, porém logo o Brasil virou pra 3 x 2, os brasileiros até conseguiram abrir 2 gols em dado momento do primeiro tempo, mas o que prevaleceu na etapa foi o equilíbrio acabando em 14 x 14 os primeiros 30 minutos.

Desde o primeiro tempo,o que o Brasil mais sofreu é com o Sergei Gorbok, o cara fez 11 gols e parecia imparável no jogo de centro de quadra, jogou demais mesmo. O jogo no segundo tempo foi bem amarrado e houve uma alternância de quem estava na frente, ora o Brasil estava como aos 6 minutos ( 17 x 16 ), e ora a Rússia como aos 9 minutos ( 19 x 18 ). Daí então até os 23 minutos o jogo ficou muito amarrado,ocorrendo apenas 5 gols para cada lado,num jogo marcado por diversos erros de ambas equipes, 24 x 23. Faltando 5 minutos para o fim de jogo os russos abrem uma diferença considerável de 3 gols botando muita pressão sobre o Brasil. Aos 28m 45 s que acontece o lance que prejudicou o Brasil, 7 metros a favor da equipe brasileira  e Borges perde ,mas acerta o rosto do goleiro não pedindo desculpas, o juiz islandês da partida interpreta como intencional e expulsa nosso jogador, um erro em minha opinião. Assim ficamos com um a menos, mas mesmo assim contando com erros russos conseguimos diminuir a vantagem com o gol de Zeba, 26 x 27 para a Rússia faltando 40 segundos pro fim da partida, e não é que no ataque seguintes os russos erraram novamente ?! Nesse erro faltava 8 segundos para acabar o jogo e Daniil Shishkarev quis atrasar a reposição de bola brasileira e por isso foi excluído, então o técnico espanhol Jordi Ribera que comanda a seleção brasileira pede tempo para armar o último ataque, para fazer o gol e levar o jogo pra prorrogação, com ambas equipes com 5 jogadores de linha em quadra, foi armado para que Arthur Patrianova fizesse um arremesso característico dele do meio da quadra da linha de 9 metros, mas como num milagre o goleiro reserva russo Oleg Grams defende com a ponta dos dedos e a bola vai pra fora, terminando assim a partida em 27 x 26 pra Rússia.

O destaque da partida sem dúvidas é Sergei Gorbok que fez 11 gols de 15 tiros. Pelo lado do Brasil destaque para Vinícius que fez 6 gols em 6 chances.

O Brasil está de parabéns, a evolução é nítida, se olharmos pra trás,no pan do ano passado  e no pan de Guadalajara perdemos pra Argentina na final e nesse mundial provamos que estamos muito bem e evoluindo vencendo os próprios argentinos, a Tunísia que o Brasil tinha muita dificuldade e agora também vencemos e ainda ganhamos de uma seleção européia, Montenegro também foi derrotada pelo Brasil. A evolução aonda é maior quando olhamos para o mundial de 2011, onde perdemos todas na fase de grupos terminando no final na 21ª colocação, e agora no MÍNIMO terminaremos entre as 16 melhores seleções do planeta.

Nossos jogadores demonstraram raça com muita dedicação a camisa, jogando muito bem e isso quem é responsável é Jordi Ribera, o cara está mudando os parâmetros do handebol brasileiro, só temos a agradecer a ele. E vale sempre reforçar que esse trabalho é visando as Olimpíadas do Rio 2016, então esse é o caminho para chegarmos lá em condições de brigar por vôos mais altos.

Artilheiros
Rússia
Sergei Gorbok – 11 gols
Konstantin Igropulo – 5 gols
Timur Dibirov – 5 gols

Brasil
Vinícius – 6 gols
Borges – 6 gols


Vou usar uma frase do " Handball, a gente se vê por aqui ", página do facebook que é um point dos amantes do handebol brasileiro:

" Isso não foi uma derrota, é o começo de uma HISTÓRIA !"

3 comentários:

  1. Na regra internacional do handebol se você acertar o goleiro na cara em uma clara chance de gol você é passivel de punição.

    Exemplo.: De acordo com a regra 8.9 das regras internacionais de handebol (fonte: IHF)

    Conduta antidesportiva grave que justifica uma desqualificação

    8:9 Certas formas de conduta anti-desportiva são consideradas tão graves que justificam uma desqualificação. As seguintes são exemplos de tais condutas:

    d) quando o executante de um tiro de 7 metros golpeia a cabeça do goleiro, se o goleiro não move sua cabeça na direção da bola;
    e) quando o executante de um tiro livre golpeia a cabeça de um defensor, se o defensor não move sua cabeça em direção a bola;

    ResponderExcluir
  2. Mas que pena mesmo que nao ganhamos a partida...

    ResponderExcluir
  3. Obrigado pelos comentários Professor Diego Ayala, ficamos muito gratos pela participação e pelos conhecimentos passados. Acho que nesse lance do Borges merecia uma interpretação mais cuidadosa do árbitro, afinal poderíamos vencer o jogo,logo o nosso jogador não iria querer desperdiçar uma chance tão clara de gol, mas tudo bem ,essa derrota serve como aprendizado e evolução.

    Abraços.

    ResponderExcluir